Onça pintada: a “fera” que pode ser extinta

Sendo o maior felino das Américas, a onça pintada é também o terceiro maior do planeta atrás apenas do tigre e do leão cujo parentesco, inclusive,é o mais próximo. A potência de sua mordida também é a mais forte dentre os felinos, o que faz ela um predador de répteis como as tartarugas e os jacarés. Estes últimos são frequentemente caçados no seu habitat natural, ou seja, a água, justamente por ela ser uma hábil nadadora.

Onça pintada talhada em madeira
Onça pintada talhada em madeira

A onça é um animal emblemático e presente na mitologia indígena, em especial nos brasileiros e nos maias. Sim, ela já existiu em quase todo o continente porém foi extinta em quase todos os países, sobrevivendo atualmente apenas no Brasil. Mesmo sendo versátil – pode viver é florestas densas como a Amazônia ou em campos como o Cerrado – ela é motivo de constantes ameaças com as atividades do Agronegócio.

Seu habitat tem que possuir áreas contíguas, geralmente uma área de 80 km2 por macho, e com o aumento de áreas de pastagem para o gado, elas acabam por atacar estes animais e entrando em confronto direto com o ser humano. Não menos corriqueiro, as onças são alvos de caça ilegal pelo fazendeiros.

Também chamada de Jaguar (Yaguar na língua Maia que significa “matador”),a onça está ameaçada de extinção no Brasil.  Com o aumento das queimadas (de novo um fator humano) e o aumento do desmatamento, matar este animal é crime ambiental. É necessária ações educativas e uma mudança cultural para que elas sobrevivam; um entendimento maior sobre seus costumes e uma demarcação geográfica mais rigorosa salvará este grande felino que está presente nas nossas matas, em nosso imaginário e em nosso papel moeda!